quinta-feira, 5 de junho de 2014

Derrama-me 
nos ouvidos, nos sentidos 
a tua voz rouca, oscilante 
embriagando-me de emoção 

Veste-me 
com tua pele inebriante 
e ondula os teus pelos  
despertando a imaginação 

Entre 
no coração loucamente 
sem pedir licença, rápido, forte,

 pulsante provocando um turbilhão
de sensação 

Faz 
de minha alma 
a tua luz brilhante,

cintilante 
e me transforma em tua

 inspiração...

Maria Florܓ



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Uma Florჱܓ com carinho