sábado, 30 de janeiro de 2010

"Entre o Mar e as Estrelas...Era um Poeta"


Um mendigo, à noite, na calçada
de súbito, pôs-se a chorar...
Sua camisinha rasgada não
dava para enxugar as lágrimas
que eram tantas quantas
as areias do mar.

Muita gente que passava,
vendo aquela face molhada,
em vão, com pena, indagava:
Por que sobre a calçada
gelada aquela triste alma
se achava soluçando sem parar?

A custo ergueu o seu rosto
com resignado olhar de fel
e explicou a contragosto:
“A vida me foi infiel,
e os meus sonhos foram
tantos quanto as estrelas no céu...

Entre o mar dos seus olhos – as estrelas
Era um Poeta..

Maria Florჱܓ

15 comentários:

  1. Bonito o poema e me faz pensar se "entre mendigo e poeta,todo mundo não tem um pouco?"
    Lindo o que escreveu aqui.Ele é um lado nosso que empobreceu por não realizar os sonhos e sentiu-se traido pela vida. Quem não sonha mais empobrece o espírito. Obrigada por me visitar e pelo comentário. Escrevi no dia que ela foi pra Irlanda. Ontem qdo fez um ano, bateu aquela saudades maior sabe? Ela está bem, claro com saudades também principalmente por não ter visto o Davi a não se pela cam.Ela foi atras de um sonho e pedimos pra ela ficar mais um pouco até conseguir realizar. Está feliz e motivada e eu estou também. A saudades que vem é boa,nada de sofrimento.rs...Os filhos são do mundo e que bom que é assim.Montão de abraços e bjs

    ResponderExcluir
  2. Olá Maria Flor!

    Sonhos que se transformaram
    em mil lágrimas derramadas
    esperanças que se afogaram
    e são agora pequenos nadas

    Bom Domingo. Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Maria Flor...

    São assim os Poetas!!!

    Beijos
    AL

    ResponderExcluir
  4. lindíssimo .......amo seus textos e adoro voceeeeeeeeeee.
    Tem selinho,venha buscar querida.......Bjs

    ResponderExcluir
  5. Te ofereço o mimo Brasil "História Viva" com carinho.
    Leve o amiga..........Beijossssssss

    ResponderExcluir
  6. poeta é isso, poeta é assim....
    Tenha uma semana feliz.
    Maurizio

    ResponderExcluir
  7. Poetiza como sempre vc me surpreende com teus textos onde o amor reina por seres a luz dos mesmos.Com o dom do bem.
    Beijos amiga e tenho um feliz dia

    ResponderExcluir
  8. que lindo Flor..de qualquer cantinho vc faz uma poesia linda.. parabens..beijão.. vc não pegou o selo que te dei.. este ano vc fez a diferença.. beijão

    ResponderExcluir
  9. hum... sei não.

    "O poeta é um fingidor.
    Finge tão completamente
    Que chega a fingir que é dor
    A dor que deveras sente".
    Fernando Pessoa

    Você viu a identidade dele?

    ;)

    ResponderExcluir
  10. ...E a vida acontece (citando-a) "...Entre o mar dos olhos e as estrelas..."

    ResponderExcluir
  11. Navegando pela net, parei aqui neste cantinho onde ao espreitá-lo deparei com este lindo Blogue onde não resisti de deixar aqui meu comentário.

    Um poema cheio de ternura que define bem quantos poetas desconhecidos (mas que são tão exímios)que existem pelo mundo.

    Um lindo poema que deixa no ar uma lufada de ar fresco em hino à Poesia.

    Bjos, felicidades e, se desejar visitar meu Blogue será sempre bem recebida.

    ResponderExcluir
  12. Que esse mês de fevereiro te dê muita felicidade e um susto enoRRRRRRRRme!!!!
    Um susto????Por que?????
    É que eu desejo que teu blog seja escolhido o melhor blog do pedaço!!!!
    Viu a responsabilidade que tens para comigo e para aqueles que te lêem????
    Quem manda ser o MÁXIMO!!!!!!!
    Carinhosamente...
    Olhos azuis....azuis como a cor do céu!

    ResponderExcluir
  13. Estou divulgando meu novo blog
    www.gastronomiaefotografia.blogspot.com
    Se puder da uma passada lá!

    Atenciosamente
    Tati

    ResponderExcluir
  14. Lindo poema, você escreve muito bem.
    Passando para desejar uma linda semana.

    "Para fazer mudanças não é preciso buscar novas paisagens.
    Basta apenas olhar com novos olhos"
    (Marcel Proust)

    Abraços com carinho

    ResponderExcluir
  15. as vezes, esquecemos que em qualquer coração pode haver tristeza, sorriso ou esperança num amanhã.

    meu carinho,
    anderson fabiano

    ResponderExcluir

Uma Florჱܓ com carinho